Não transforme seu casamento em um eterno namoro!


"Transforme o seu casamento em um eterno namoro!" 🧐😔 Por favor, não diga: Meu eterno namorado / minha eterna namorada para o cônjuge.


Fiz uma enquete no meu Instagram @casapazterapias perguntando se essa frase corresponde a uma Realidade ou a uma Ilusão. Realidade no sentido de ser isso mesmo, de ser correto pensar dessa forma e de fato ser necessário fazer com o que o casamento seja um eterno namoro.


79% afirmaram que essa frase faz sentido, que está correta e votaram como "Realidade".


Na verdade, esse resultado mostra como as relações de casais não seguem um fluxo saudável e o quanto falta amadurecimento. Além disso, mostra como as relações são embasadas em um "falso romantismo", romantismo esse vivido e sentido por duas crianças que "brincam de casinha" e de constituir família, que vivem uma eterna paixão e não conseguem evoluir da fase de paixão para amor. Resumindo: Ficam a vida inteira olhando um para a cara do outro e não conseguem vislumbrar o futuro (afinal, como q olho para o futuro se ao invés de olhar pra frente eu fico parada(o) olhando para o cônjuge? que é a fase de namoro). São duas crianças que talvez estão tão emaranhadas em dinâmicas dos seus sistemas familiares, tão presas nos seus traumas infantis que não conseguem então saber e viver um relacionamento composto por dois adultos saudáveis.


A fase do namoro é uma fase/período em que um vai caminhando em direção ao outro, um olha para o outro porque estão se conhecendo, estão entendendo como o outro funciona, um pouco do que ele(a) pensa, um pouco dos seus valores e etc.


A partir do momento que ambos decidem se casar, eles precisam parar de olhar um para o outro (o q não quer dizer parar de se conhecerem) e se direcionarem frente ao futuro, precisam olhar para a VIDA, Vida essa em que cabe filhos, projetos de vida individual, projetos de vida em comum do casal, a profissão e tantas outras coisas.


Portanto, se você acredita que o casamento é um eterno namoro, sinto muito te dizer, mas você está destruindo o seu relacionamento. Por favor, não diga para o cônjuge: "Você é meu eterno namorado" ou "Você é minha eterna namorada".


Seja adulto(a), avance um ciclo, entenda a diferença do namoro e do casamento e permita que eles se somem, mas não que seja uma eterna extensão.


Passou o namoro? casou? então olhem pra frente, olhem pra Vida. Ela vale a pena ser vivida e ambos merecem companheiros mais saudáveis e um relacionamento maduro. Isso é amadurecimento, é o ciclo natural da vida.


Se te doeu ler esse texto até aqui, te convido a procurar uma ajuda terapêutica para trabalhar seus traumas infantis que uma vez não resolvidos, estão sendo "transferidos" para seu relacionamento atual e consequentemente tem grandes chances de passar para as gerações futuras.


OBS: Existem momentos durante o casamento que o casal precisa olhar um para o outro por algum motivo, refazerem seus contratos de relacionamento, conhecer referenciais saudáveis para recomeçarem novamente. Mas feito isso, os dois olham novamente para a Vida e segue rumo ao futuro.


Leidiane Mendes - Casa Paz Terapias @casapazterapias

R. Maria Júlia Ramos e Souza, 98 Capoeiras 

Florianópolis-SC

R. Joaquim Carlos Fonseca, 606  Santa Mônica 

Uberlândia-MG

 (48) 99809-0732

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

Atendimento Presencial  e Online para todo Brasil e exterior