"MEU CÔNJUGE, MEU ETERNO NAMORADO?!" ENTÃO SUA RELAÇÃO NÃO É SAUDÁVEL E ESTÁ FADADA AO FRACASSO!


Meu cônjuge, meu eterno namorado(a). Se você é casado, provavelmente você já falou essa frase um dia para o seu cônjuge achando que estava "arrebentando" e fazendo uma declaração maravilhosa de amor, e se você não é casado, com certeza já ouviu alguém falando ou já leu ela aí em algum lugar.. principalmente na época do dia dos namorados em que aparece vários casais colocando fotos nas redes sociais e falando ou escrevendo essa frase.


Por favor, não faça mais isso! não diga: eterno namorado ou eterna namorada para o seu cônjuge, porque quando você fala, pensa ou sente isso, então você só está exteriorizando o que está no seu inconsciente sobre os seus bloqueios e dificuldades para avançar nos níveis, nos ciclos de evolução da vida e está transformando o seu casamento em um eterno namoro.


Aqui, eu até abro um parênteses e te convido para assistir a minha série sobre os 7 níveis de amor e a relação com as fases da nossa vida (série completa aqui: https://www.youtube.com/watch?v=ik51T9wMn2o&list=PLWPOYNVd-ttHSZHG8ypV0JMnG3Y_PZ4nZ), que com certeza você irá entender com mais detalhes o porquê de saudável essa expressão não tem nada, mas atenção, é muito importante que você assista na sequência.


Realizei a um tempo atrás uma enquete no meu Instagram @casapazterapias perguntando se essa frase “Meu cônjuge, meu eterno namorado” correspondia a uma Realidade ou a uma Ilusão.


Realidade no sentido de ser isso mesmo, de ser correto pensar dessa forma e de fato ser necessário fazer com o que o casamento seja um eterno namoro, e 79% das pessoas que responderam afirmaram que essa frase faz sentido, que está correta e votaram como "Realidade".


Na verdade, esse resultado mostra como as relações de casais não seguem um fluxo saudável e o quanto falta amadurecimento. Além disso, mostra como as relações são embasadas em um "falso romantismo", romantismo esse vivido e sentido por duas crianças que "brincam de casinha" e de constituir uma família, que vivem uma eterna paixão e não conseguem evoluir da fase da paixão para o amor. Resumindo: Ficam a vida inteira olhando um para a cara do outro e não conseguem vislumbrar o futuro (afinal, como que olho para o futuro se ao invés de olhar pra frente eu fico parada olhando para o cônjuge? que é a fase de namoro).


São duas crianças que talvez estão tão emaranhadas em dinâmicas dos seus sistemas familiares, tão presas nos seus traumas infantis que não conseguem então saber e viver um relacionamento composto por dois adultos saudáveis.


A fase do namoro é uma fase/período em que um vai caminhando em direção ao outro, um olha para o outro porque estão se conhecendo, estão entendendo como o outro funciona, um pouco do que ele(a) pensa, um pouco dos seus valores e etc. A partir do momento que ambos decidem se casar, eles precisam parar de olhar um para o outro (o que não quer dizer parar de se conhecerem) e se direcionarem frente ao futuro, precisam olhar para a VIDA, Vida essa em que cabe filhos, projetos de vida individual, projetos de vida em comum do casal, a profissão e tantas outras coisas.


Portanto, se você acredita que o casamento é um eterno namoro, sinto muito lhe dizer, mas você está destruindo o seu relacionamento. Por favor, não diga para o cônjuge: "Você é meu eterno namorado" ou "Você é minha eterna namorada". Seja adulto(a), avance um ciclo, entenda a diferença do namoro e do casamento e permita que eles se somem, mas não que seja uma eterna extensão.


Passou o namoro? casou? então olhem pra frente, olhem em direção ao futuro. Ambos merecem companheiros mais saudáveis e um relacionamento maduro. Isso é amadurecimento, é o ciclo natural da vida.


Se ler isso te incomodou de alguma forma, então, te convido a procurar uma ajuda terapêutica para trabalhar seus traumas infantis que uma vez não resolvidos, estão sendo "transferidos" para seu relacionamento atual e consequentemente tem grandes chances de passar para os filhos e as próximas gerações.


Existe sim, momentos durante o casamento que talvez se faça necessário o casal voltar-se um para o outro novamente, talvez tenha acontecido algo e eles precisem de alguma forma refazer seu contrato de relacionamento, recomeçarem novamente.. mas feito isso, os dois precisam olhar novamente na mesma direção, olharem para a Vida e seguir rumo ao futuro.


💡 Assista o vídeo, aproveite para se inscrever no meu canal do Youtube e ativar o sininho para ser notificado sempre que um novo vídeo for disponibilizado!


✅ Atendimento ONLINE para todo Brasil e PRESENCIAL em Florianópolis-SC e Uberlândia-MG.

Conheça o meu trabalho e saiba como ele pode lhe ajudar!


💟 Site: https://www.casapaz.com.br

💟 Instagram: https://www.instagram.com/casapazterapias​

💟 Facebook: https://www.facebook.com/casapazterapias

💟 Youtube: https://youtube.com/casapazterapias

📱 Contato: (48) 99809-0732 - Também Whatsapp.


Com carinho,

Leidiane Mendes

Florianópolis-SC

R. Mário Giocondo Crocetta, 568 - Casa 01

Ingleses

Uberlândia-MG

R. Joaquim Carlos Fonseca, 606 

Santa Mônica 

 (48) 99809-0732

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

Atendimento Online e Presencial