PAI E MÃE. DIFERENÇA E IMPORTÂNCIA DA FUNÇÃO MATERNA E DA FUNÇÃO PATERNA - CONSTELAÇÃO FAMILIAR


Homens e mulheres são equivalentes dentro de um sistema familiar, porem no que diz respeito aos filhos, pai e mãe possuem funções diferentes.


E não existe uma função melhor ou mais importante que a outra, pois, ambas são essenciais para que esse indivíduo se desenvolva e se torne um adulto que tenha autonomia financeira, prosperidade, saúde, sucesso, dinheiro, que consiga cuidar da sua própria vida e escrever a sua própria história.


De uma forma geral, a função materna preenche e supre nossas necessidades básicas e nos ensina como cuidarmos de nós mesmos e a função paterna nos ensina a sermos adultos e a nos relacionar com o diferente da família, ou seja, com o mundo.


A função materna é recheada de cuidados e proteção. Em um primeiro momento é ela quem supri as nossas necessidades básicas, ou seja, é a mãe quem cuida, quem dá banho, quem coloca pra dormir, quem nos alimenta e quem nos fornece proteção e acolhimento.


É um movimento em direção ao coração, a mãe trás o filho para perto de si. A mãe é quem diz: vem, eu cuido de você!


É com ela que aprendemos a ter autoestima, segurança, que aprendemos a nos cuidar e a acreditar em nós mesmos.


Esse movimento acontece de forma muito intensa até por volta dos 3 anos de idade. A partir desse momento, o ciclo seguinte com a função paterna precisa entrar em ação, para que finalmente a criança descubra um universo totalmente diferente da mãe.


A função do pai é ajudar na construção de um ser capaz de se tornar um adulto que tenha autonomia financeira, sexualidade, prosperidade, saúde, sucesso, com total independência emocional e financeira dos pais, capaz de cuidar da própria vida e construir sua própria história.


Com o pai aprendemos as regras da vida, aprendemos a nos relacionar com pessoas fora da família, a amar pessoas diferentes, aprendemos a nos cuidar lá fora, ou seja, fora do meio familiar e a como lidar no mundo.


Então, é com ele que aprendemos a ganhar dinheiro, a trabalhar e a ter nossos próprios objetivos de vida. Por isso, muitos de vocês já dever ter ouvido por ai uma famosa frase de Bert Hellinger que diz:


“Somente na mão do pai a criança ganha um caminho para o mundo. As mães não podem fazê-lo. O amor dele não é cuidadoso nesta forma como é o amor da mãe. O Pai representa o espírito. Por isso o olhar do pai vai para a amplitude. Enquanto a mãe se move dentro de uma área limitada o pai nos leva para além desses limites, para uma amplitude diferente.”


O amor de mãe ele é perto e dentro de casa (tem a ver com a relação de nós com o nosso mundo interior e com nossas necessidades básicas), o amor de pai é longe e fora de casa (tem a ver com a forma com que nos relacionamos como adultos na vida e com o que precisamos para sobreviver no mundo). É através dele que ganhamos liberdade para explorar o mundo. E essa liberdade é necessária para que o filho possa perceber o mundo e mais tarde caminhar para a vida de forma completa.


A função de pai e mãe são opostas e complementares, mas precisamos das duas para conseguirmos de verdade sermos felizes, prósperos e saudáveis nesta vida.


Autora: Leidiane Ferreira - Casa Paz Terapias

www.casapaz.com.br

Facebook e Instagram: @casapazterapias

Youtube: Casa Paz Terapias

Florianópolis-SC

R. Mário Giocondo Crocetta, 568 - Casa 01

Ingleses

Uberlândia-MG

R. Joaquim Carlos Fonseca, 606 

Santa Mônica 

 (48) 99809-0732

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

Atendimento Online e Presencial